Projeto Visita Inhotim 8º Ano Ens. Fund.

17:57 Wellington Campos 0 Comentarios




ESCOLA ESTADUAL GUILHERMINO DE OLIVEIRA
PROJETO DE VISITA GUIADA E OFICINA AO INHOTIM

Disciplina: HISTÓRIA
Profº WELLINGTON CAMPOS
2013



TURMA: 8ºAno

Projeto Inhotim: Educação, Sustentabilidade, Ecologia e Lazer

Tema: Educação a partir do relacionamento interpessoal e o incentivo a proteção e conhecimento do meio ambiente.

Introdução
O presente projeto parte da premissa de integração do aluno com o meio ambiente, bem como a possibilidade de aprofundamento das relações interpessoais entre os discentes e os demais participantes do projeto através da visita temática proposta ao final do trabalho escolar.
Atualmente um vasto material com intuito de aproximar o aluno com o meio ambiente provocando nele o interesse deste tanto para o conhecimento quanto para sua proteção. Temas como sustentabilidade e eco-sociedade estão cada dia mais constante no cotidiano de todos o que torna necessário uma interação da escola e de seus agentes com a sociedade.
A busca pela interdisciplinaridade é comum e constante no ambiente escolar, entretanto poucos projetos alcançam o resultado esperado. Este projeto tem como interesse em um de seus pontos, a interação de sua equipe de docentes para sua realização.
Em seu corpo o projeto trabalhará com conceitos básicos que poderão ser apreciados por todas as disciplinas interessadas, desde sustentabilidade, ecologia, fontes verdes de sociedade, jardins, arte contemporânea até conceitos intrínsecos do comportamento como respeito, compromisso e cordialidade.
A visita ao final do mês trabalhado é proposta ao Centro de Arte Contemporânea Inhotim, localizado na cidade de Brumadinho a 49 km de Contagem. O instituto realiza diversos trabalhos na área de cidadania e inclusão, pesquisa e manutenção da cultura local da cidade, além de ter um dos acervos mais completos e atuais sobre arte contemporânea. O local e  Instituto Inhotim, foi idealizado pelo empresário Bernardo Paz em meados da década de 1980, mas somente em 1984, o local recebeu a visita do renomado paisagista Roberto Burle Marx, que apresentou algumas sugestões e colaborações para os jardins. Desde então, o projeto paisagístico cresceu e passou por várias modificações.

Objetivos
·         Proporcionar a interação entre as turmas envolvidas no projeto
·         Transformar a sala de aula em um ambiente de debates e criticas ao conhecimento.
·         Trabalhar conceitos de ecologia, sustentabilidade e conteúdos relacionados ao meio ambiente e sociedade.
·         Promover debates sobre na instituição escolar sobre o papel da comunidade na proteção e manutenção do meio ambiente.
·         Oferecer oficina aos alunos fora do ambiente escolar.

Justificativa
O trabalho busca através de um intenso debate para suprir a necessidade de interação do aluno com o meio ambiente, proporcionando ao aluno um interesse maior pelas disciplinas cursadas durante o ano letivo tornando a instituição escolar um local agradável para o desenvolvimento das atividades de ensino-aprendizagem.
As intensas manifestações para conseguir um meio ambiente sustentável são bases deste projeto que em sua realização tem como bases conceitos utilizado no ambiente acadêmico e social.
Na disciplina fonte originária deste projeto, a História, conceitos de meio ambiente e sustentabilidade se aliam ao conteúdo proposto para o início de ano letivo, tratando da ocupação do solo brasileiro, formas desta ocupação e organização social, bem como a depredação e exploração do solo no início da colonização.
Desta forma o presente projeto é viável e necessário ao desenvolvimento da disciplina de história, visando suprir a carência de interação de todos os alunos às aulas programadas para conteúdos em sala de aula. A intensa dificuldade dos alunos de interagir com os demais colegas promove à formação de pequenos grupos que não se integram a aula provocando uma defasagem na participação e solução de problemas durante a apresentação dos temas.
Com este intuito de superação e integração a visita orientada à se realizar no final dos trabalhos em sala de aula oferecerá ao aluno oficinas fora do ambiente escolar, promovendo um interesse maior deste com a promoção do conhecimento e difusão de idéias e soluções para o meio ambiente. Do mesmo modo contribuirá para que todos envolvidos estejam propícios a mudanças constantes nas metodologias de ensino e aprendizagem.
METODOLOGIA
A disciplina de história ministrará seus conteúdos no início do semestre voltados para intervenção pedagógica com o trabalhos dos textos dos conteúdos e produção de redações que leve aos alunos a possibilidade de construir suas críticas e pensamentos relacionados a sociedade e meio ambiente.
As aulas serão dialógicas e produtivas conduzidas por um debate aberto em um ambiente harmônico e de interação através de grupos que se comuniquem para a produção e difusão do conhecimento. Desta forma as aulas serão planejadas de acordo com o CBC e a proposta final de visita orientada.
A avaliação será diária e continua, consistindo na participação nos debates, redações e observações ao final do projeto. Este trabalho poderá suprir eventuais defasagens de pontos no decorrer do primeiro bimestre sendo parte da Recuperação Paralela desenvolvida pela disciplina.
Realização de visita guiada com oficinas no Instituto Inhotim com duração de 6 horas, a entrada e alimentação serão custeadas pelos alunos participantes e serão divididas e duas parcelas para facilitar a adesão do aluno ao projeto.


CRONOLOGIA DE REALIZAÇÃO
14/02/2013 Apresentação do projeto para a coordenação pedagógica
18/02/2013 Apresentação aos alunos e início das atividades.
Datas prováveis das visitas 29/03 ou 05/04 dependendo do agendamento no Instituto Inhotim.




0 comentários:

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga